AS “PORTAS DE ENTRADA” DA IGREJA ADVENTISTA E O DISCIPULADO: UMA ANÁLISE INICIAL DA REALIDADE DA UNIÃO CENTRAL BRASILEIRA

  • Marcelo E. C. Dias
Palabras clave: Iglesia Adventsita, discipulado; evangelismo; Novo Tempo; Desbravadores

Resumen

A Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD) no Brasil tem se apoiado em frentes missionárias de trabalho tais como escolas adventistas, séries de evangelismo público, clubes de desbravadores, escola sabatina, classes bíblicas e contatos pessoais -- “portas de entrada” para novos membros. O conceito de discipulado tem sido enfatizado como necessário para corrigir o fenômeno atual: baixa retenção de novos membros. Esta pesquisa analisa a realidade do discipulado e essas frentes de evangelização baseada em revisões bibliográficas e de estatísticas oficiais da IASD publicadas pela Associação Geral (AG), pela Divisão Sul-Americana (DSA) e fornecidas pelo sistema de secretaria, o Adventist Church Management System (ACMS) em relação à União Central Brasileira (UCB). Observou-se que diferentes frentes missionárias enfatizam aspectos distintos do processo de discipulado e, portanto, precisam estar coordenadas para que haja crescimento quantitativo e qualitativo.

Publicado
2019-08-13